CHAMADA PARA INDICAÇÕES: Prêmio IWCA Outstanding Article 2022

 As inscrições vão até 1º de junho de 2022.

O Outstanding Article Awards da IWCA é concedido anualmente e reconhece o trabalho significativo no campo de estudos do centro de redação. Os membros da comunidade Writing Center são convidados a indicar artigos ou capítulos de livros para o Prêmio IWCA Outstanding Article.

O artigo indicado deve ter sido publicado durante o ano civil anterior (2021). Ambos os trabalhos de autoria única e de autoria colaborativa, por acadêmicos em qualquer estágio de suas carreiras acadêmicas, publicados em formato impresso ou digital, são elegíveis para o prêmio. Auto-indicações não são aceitas, e cada candidato pode enviar apenas uma indicação; os periódicos podem selecionar apenas uma publicação de seu próprio periódico para indicação por ciclo de premiação. 

Todas as candidaturas devem ser submetidas através este formulário do Google. As indicações incluem uma carta ou declaração de no máximo 400 palavras descrevendo como o trabalho indicado atende aos critérios de premiação abaixo e uma cópia digital do artigo indicado. Todos os artigos serão avaliados usando os mesmos critérios.

O artigo deve:

  • Faça uma contribuição significativa para a bolsa de estudos e pesquisa sobre centros de escrita.
  • Aborde uma ou mais questões de interesse de longo prazo para administradores de centros de redação, teóricos e profissionais.
  • Discuta teorias, práticas, políticas ou experiências que contribuem para uma compreensão mais rica do trabalho do centro de redação.
  • Mostre sensibilidade para os contextos situados nos quais os centros de escrita existem e operam.
  • Ilustre as qualidades de uma escrita atraente e significativa.
  • Servir como um forte representante da bolsa de estudos e da pesquisa em centros de redação.

Incentivamos os acadêmicos e profissionais do centro de redação em todos os níveis a indicar trabalhos que considerem impactantes. O vencedor será anunciado na Conferência IWCA 2022 em Vancouver. Dúvidas sobre o prêmio ou o processo de indicação (e indicações de pessoas que não conseguem acessar o formulário do Google) devem ser enviadas aos co-presidentes do IWCA Awards, Leigh Elion (lelion@emory.edu) e Rachel Azima (razima2@unl.edu). 

 As inscrições vão até 1º de junho de 2022.

_____

Destinatários

2021: Maureen McBride e Molly Rentscher. “A Importância da Intenção: Uma Revisão de Mentoria para Profissionais de Centros de Redação”. Práxis: Um Diário do Centro de Redação, 17.3 (2020): 74-85.

2020: Alexandria Lockett, “Why I Call It the Academic Ghetto: A Critical Exam of Race, Place, and Writing Centers”, Práxis: Um Diário do Centro de Redação 16.2 (2019).

2019: Melody Denny, "The Oral Writing-Revision Space: Identifying a New and Common Discourse Feature of Writing Center Consultations", Diário do Centro de Redação 37.1 (2018): 35-66. Impressão.

2018: Sue Mendelsohn, “'Raising Hell': Literacy Instruction in Jim Crow America,” Inglês universitário 80.1, 35-62. Impressão.

2017: Lori Salem, “Decisões… Decisões: Quem escolhe usar o Centro de Redação?” Diário do Centro de Redação 35.2 (2016): 141-171. Impressão.

2016: Rebecca Nowacek e Bradley Hughes, “Conceitos de Limiar no Centro de Redação: Estruturando os Desenvolvimentos da Experiência do Tutor” em Nomeando o que sabemos: teorias, práticas e modelos, Adler-Kastner & Wardle (eds). Utah State UP, 2015. Print.

2015: John Nordlof, "Vygotsky, Scaffolding e o Papel da Teoria no Trabalho do Centro de Redação", Diário do Centro de Redação 34.1 (2014): 45-64.

2014: Anne Ellen Geller e Harry Denny, “Of Ladybugs, Low Status, and Loving the Job: Writing Center Professionals Navigating their Career”, Diário do Centro de Redação 33.1 (2013): 96-129. Impressão.

2013: Dana Driscoll e Sherry Wynn Perdue, “Theory, Lore, and More: An Analysis of RAD Research in The Writing Center Journal, 1980-2009,” Diário do Centro de Redação 32.1 (2012): 11-39. Impressão.

2012: Rebecca Day Babcock, “Tutoriais do Centro de Escrita Interpretada com alunos surdos de nível universitário”, Lingüística na Educação 22.2 (2011): 95-117. Impressão.

2011: Bradley Hughes, Paula Gillespiee Harvey Kail, “O que eles levam com eles: descobertas do projeto de pesquisa de ex-alunos por redação do tutor”, Diário do Centro de Redação 30.2 (2010): 12-46. Impressão.

2010: Isabelle Thompson, “Scaffolding in the Writing Center: A Microanalysis of an Experienced Tutor's Verbal and Nonverbal Tutoring Strategies,” Comunicação Escrita 26.4 (2009): 417-53. Impressão.

2009: Elizabeth H. Bouquet e Neal Lerner, “Reconsiderations: After 'The Idea of ​​a Writing Center,'” Inglês universitário 71.2 (2008): 170-89. Impressão.

2008: Renée Brown, Brian Fallon, Jessica Lott, Elizabeth Matthewse Elizabeth Mintie, “Assumindo o Tunitin: Tutores defendendo a mudança”, Diário do Centro de Redação 27.1 (2007): 7-28. Impressão.

Michael Mattison, “Alguém para Cuidar de Mim: Reflexão e Autoridade no Centro de Redação”, Diário do Centro de Redação 27.1 (2007): 29-51. Impressão.

2007: Jo Ann Griffin, Daniel Keller, Iswari P. Pandey, Anne Marie Pedersene Carolyn Skinner, “Práticas Locais, Consequências Nacionais: Pesquisando e (Re) Construindo Identidades do Centro de Redação,” Diário do Centro de Redação 26.2 (2006): 3-21. Impressão.

Bonnie Devet, Susan Orr, Margo Blythmane Célia Bispo, “Peering Across the Pond: The Role of Students in Developing Other Students 'Writing in the US and UK.” Ensino de redação acadêmica no ensino superior do Reino Unido: teorias, práticas e modelos, ed. Lisa Ganobcsik-Williams. Houndmills, Inglaterra; Nova York: Palgrave MacMillan, 2006. Print.

2006: Anne Ellen Geller, “Tick-Tock, Next: Finding Epochal Time in The Writing Center,” Diário do Centro de Redação 25.1 (2005): 5-24. Impressão.

2005: Margaret Weaver, “Censoring What Tutors 'Clothing' Says ': First Amendment Rights / Writes Within Tutorial Space,” Diário do Centro de Redação 24.2 (2004): 19-36. Impressão.

2004: Neal Lerner, “Avaliação do Centro de Redação: Procurando a 'Prova' de Nossa Eficácia. Em Pemberton & Kinkead. Impressão.

2003: Sharon Thomas, Julie Bevinse Mary Ann Crawford, “The Portfolio Project: Sharing Our Stories.” Em Gillespie, Gill-am, Brown e Stay. Impressão.

2002: Valerie Balester e James C. McDonald, “Uma visão do status e das condições de trabalho: relações entre os diretores do programa de redação e os diretores do centro de redação.” WPA: O Jornal do Conselho de Administradores do Programa de Redação 24.3 (2001): 59-82. Impressão.

2001: Neal Lerner, “Confissões de um Diretor do Centro de Redação pela Primeira Vez”. Writing Center Journal 21.1 (2000): 29-48. Print.

2000: Elizabeth H. Boquet, “'Our Little Secret': A History of Writing Centres, Pre- to Post-Open Admissions.” Composição e comunicação universitária 50.3 (1999): 463-82. Impressão.

1999: Neal Lerner, “Drill Pads, Teaching Machines, Programmed Texts: Origins of Instructional Technology in Writing Centers.” Em Hobson. Impressão.

1998: Nancy Maloney Grimm, “The Regulatory Role of the Writing Center: Coming to acordo with a Loss of Innocence.” Diário do Centro de Redação 17.1 (1996): 5-30. Impressão.

1997: Pedro Carino, “Admissões abertas e a construção da história do centro de redação: um conto de três modelos”. Diário do Centro de Redação 17.1 (1996): 30-49. Impressão.

1996: Pedro Carino, “Teorizando o Centro de Redação: uma tarefa incômoda.” Diálogo: Um Jornal para Especialistas em Composição 2.1 (1995): 23-37. Impressão.

1995: Cristina Murphy, “O Centro de Redação e a Teoria Construcionista Social.” Em Mullin & Wallace. Impressão.

1994: Michael Pemberton, “Writing Center Ethics.” Coluna especial em Boletim do Laboratório de Redação 17.5, 17.7-10, 18.2, 18.4-7 (1993-94). Impressão.

1993: Anne Di Pardo, “'Whispers of Coming and Going': Lessons from Fannie.” Diário do Centro de Redação 12.2 (1992): 125-45. Impressão.

Meg Woolbright, “A Política de Tutoria: Feminismo dentro do Patriarcado”. Diário do Centro de Redação 13.1 (1993): 16-31. Impressão.

1992: Alice Gilam, “Ecologia do Centro de Escrita: Uma Perspectiva Bakhtiniana”. Diário do Centro de Redação 11.2 (1991): 3-13. Impressão.

Muriel Harris, “Soluções e compensações na administração do centro de redação.” Diário do Centro de Redação 12.1 (1991): 63-80. Impressão.

1991: Les Runciman, “Definindo-nos: Será que realmente queremos usar a palavra 'Tutor'?” Diário do Centro de Redação 11.1 (1990): 27-35. Impressão.

1990: Richard Behm, “Questões Éticas na Tutoria por Pares: Uma Defesa da Aprendizagem Colaborativa.” Diário do Centro de Redação 9.2 (1987): 3-15. Impressão.

1989: Lisa Ede, “A escrita como um processo social: uma base teórica para os centros de redação.” Diário do Centro de Redação 9.2 (1989): 3-15. Impressão.

1988: John Trimbur, “Tutoria por pares: uma contradição nos termos?” Diário do Centro de Redação 7.2 (1987): 21-29. Impressão.

1987: Edward Lotto, “O assunto do escritor às vezes é uma ficção”. Diário do Centro de Redação 5.2 e 6.1 (1985): 15-21. Print.

1985: Stephen M. Norte, “A ideia de um centro de redação.” Inglês universitário 46.5 (1984): 433-46.